domingo, 29 de agosto de 2010

Conclusões precipitadas

Diz um ditado que “a pressa é inimiga da perfeição”, isto é verdade, pois a pressa nem sempre funciona, ao contrário, às vezes, ela só atrapalha – e muito.




Existem pessoas que são demasiadamente apressadas e, principalmente, precipitadas em seus comportamentos e pensamentos. Essas pessoas não conseguem esperar o tempo certo para resolver situações e estão sempre tirando conclusões precipitadas.

O vocábulo “precipitar” quer dizer acelerar, apressar, antecipar algo. E no encalço de sempre querer “passar o carro na frente dos bois”, essas pessoas pagam pela inconseqüência. Antes que o fato aconteça, elas já tiraram suas conclusões e, por isso, cometem erros sobre erros. Precipitam-se no falar e magoam as pessoas que mais amam, pelo simples fato de não medirem as conseqüências de seus atos.

Porém não é só isso. O maior problema do “apressado come cru” é que ele sofre antes do tempo. Ele cria um desfecho a respeito de algum assunto, põe na cabeça que vai ser daquele jeito e não espera que os fatos se consumem. Quantos que, em vez de esperarem as coisas ocorrerem, já tiraram suas conclusões antecipadamente e, por causa disso, perderam o sono, o apetite, ficaram tristes, com medo... tudo porque não sabem esperar que as coisas ocorram de modo natural e no tempo propício.

O escritor Frances J. Roberts disse certa vez: “Não precipites as dificuldades de amanhã. Deixa cada ansiedade ao pé da cruz”. As palavras do escritor trazem uma realidade ao coração e mostram como o cristão deve agir ante as precipitações. Não é sem motivo que o Senhor, em sua Palavra, deixou um dos maiores ensinamentos a este respeito: “Lançando sobre ele toda vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1Pe. 5.7). O ser humano precisa aprender a descansar em Deus e a crer na sua providência soberana.

A conclusão precipitada é um mal que antecipa o sofrimento. Mas o pior de quem se comporta assim é ver, depois, que sofreu à toa. São inúmeras as pessoas que ficam angustiadas, sempre pensando que o pior vai acontecer. Para que isso? Por que sempre pensar negativamente? Para que sofrer antes do tempo? A Palavra diz que o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer (Sl. 30.5). E nada melhor do que um dia após o outro.

Por mais que as adversidades que estão à frente, mostrem condições desfavoráveis, o cristão deve descansar em Deus e saber que a precipitação do coração do homem vai lhe matando aos poucos.

.:: Ana Paula Costa
www.lagoinha.com

3 comentários:

Doutrina Cristã disse...

Verdade Ana. O certo é ter paciência E, ceder o nosso lugar na fila, porque “os últimos serão os primeiros, e os primeiros serão os últimos.” (Mt, 20, 16a).

shalom

luiz cledio
visite nosso blog e siga nossa rede social cristã

Josiel Dias disse...

Olá meus queridos irmãos, Graça e Paz.

Como é maravilhoso encontrarmos textos que nos fortaleça na fé, não é mesmo? Parabéns pelo maravilhoso trabalho, muito edificante.
Vivemos dias de tribulações e esfriamento na fé, e muitas heresias onde muitos estão se alimentando de alimentos não sólidos e contaminados sendo assim adoecem espiritualmente se não tratados morrem na fé. Nestes últimos dias tem Deus levantado, homens e mulheres com compromissos de divulgar a palavra de Deus em tempo ou fora de Tempo “Gloria a Deus” . Trazendo mensagens edificantes aos nossos corações. Como sempre tenho dito: Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Gostaria de aproveitar a oportunidade e compartilhar o nosso “blog”:Gostaríamos muito de contar com sua visita e comentários. Deus te abençoe ricamente.

“Mensagem Edificante para Alma”
http://josiel-dias.blogspot.com/


Josiel Dias
Cons. Missionário
Congregacional
Rio de Janeiro

Aurelio MC Gomes disse...

obrigado por seguir meu blog

atenciosamente
Aurelio

http://aureliomcgomes.blogspot.com/